Ninfa Colheita Branco 2012

É um vinho da Região do Tejo, fresco e com textura e com um grau alcoólico de 13,5%.
Tem castas de Sauvignon Blanc (85%) e Fernão Pires (15%).
É um vinho cheio, com textura e mineral com notas de fruta de caroço e folhas de chá de menta e um aroma de frescura limonada e exuberância.
As uvas foram colhidas numa primeira fase para realçarem a frescura em termos de aromas e acidez, com fermentação e estágio, até ao engarrafamento em cuba.
Acompanha pratos de peixe e/ou marisco.

Eu acompanhei com um arroz de lagosta e gambas (ver aqui).


Quinta Seara d'Ordens Branco Reserva 2012

É um vinho da Região do Douro, de corpo médio, meio seco e com um grau alcoólico de 13,5%.
A nobreza das castas Rabigato (30%), Malvasia Fina (50%) e Fernão Pires (20%), associada ao solo e ao micro-clima deu a este vinho personalidade e carácter único.
Fermentou em barricas de carvalho francês durante 6 meses.
Deve ser servido a uma temperatura de 10-12ºC.
Acompanha muito bem pratos de peixe e/ou marisco.

Eu acompanhei com um Bacalhau no forno (ver aqui).



Bacalhau no forno

Dantes era o mais fiel
Dos amigos deste povo
Até com espinhas na pele
Marchava com couves, com alho e com ovo

Agora subiu de posto
Está pela hora da morte
Quem quiser saber-lhe o gosto
Vai pagar com juros e tem muita sorte

Ai! Que saudades do meu bacalhau
Das pataniscas, das postas ma brasa
Com cebolinhas e com colorau
Com feijão frade à moda da casa

Ai! Pastelinhos onde é que eles estão?
Meia-desfeita quando é que eu a faço?
E até aquilo que se faz à mão
Sem bacalhau, nunca mais faço

Quando fores à mercearia
Não compres por lebre gato
Se é abrotea é porcaria
Enrola no tacho e não sai barato

O que é preciso é a malta
Exigir de muitos modos
Que se acabe com a falta
E haja bacalhau com todos, para todos

(Ary dos Santos, Fadinho do Bacalhau)


36.º aniversário da Susana

Happy Birthday to You
Happy Birthday to You
Happy Birthday Dear Susana
Happy Birthday to You.

From good friends and true,
From old friends and new,
May good luck go with you,
And happiness too.


Workshop de Sushi - Nível 1

A nossa amiga Ana C. já tinha feito este workshop e foi através dela que ficámos a conhecer o Orienta-te e decidimos fazer também.
O dia estava com um sol radiante, apesar do frio e foi no dia 15 de fevereiro que nos estreámos. 
Cada pessoa tem que envolver a sua esteira com papel aderente, devido à higiene, à durabilidade da esteira e para o arroz não ficar "agarrado".
Depois é distribuído, a cada pessoa, um prato com salmão, alho-francês e pepino. E, voilá, que comece a "festa" :)


Bolo de azeite e mel

Um bolinho sabe sempre bem ao lanche e este não foi exceção.
Eu gosto muito da combinação de frutos secos e especiarias e este bolo é isso mesmo - delicioso.



Requeijão com ovas de arenque

Matar o sonho é matarmo-nos. É mutilar a nossa alma. O sonho é o que temos de realmente nosso, de impenetravelmente e inexpugnavelmente nosso.
(Fernando Pessoa)


Pão integral de grão-de-bico

Desde que comecei com o blog, é raríssimo comprar pão, pois adoro fazer as minhas próprias misturas e comer o pão feito por mim (com a ajuda da máquina... LOL).
Descobri esta farinha de grão-de-bico e comprei mas, durante bastante tempo não sabia o que fazer com ela. Vi esta receita e adaptei-a com esta farinha.
Ficou um pão muito consistente e muito saboroso. Ideal para os dias que sabemos que vamos estar algumas horas sem poder comer, como quando vamos para uma reunião por exemplo.


Bolo de cerveja com chocolate


Este bolo dividiu opiniões, a minha irmã, a minha avó Adelina e a minha prima Margarida dizem que o bolo tem pouco doce e que sabe a cerveja... LOL
Mas, os restantes familiares apreciaram e tal facto, verifica-se por só ter sobrado esta fatia...

Bundt cake de ginjas


De almas sinceras a união sincera
Nada há que impeça: amor não é amor
Se quando encontra obstáculos se altera,
Ou se vacila ao mínimo temor.
Amor é um marco eterno, dominante,
Que encara a tempestade com bravura;
É astro que norteia a vela errante,
Cujo valor se ignora, lá na altura.
Amor não se transforma de hora em hora,
Antes se afirma para a eternidade.
Se isso é falso, e que é falso alguém provou,
Eu não sou poeta, e ninguém nunca amou.
(William Shakespeare, Amor é um marco eterno)

Salmão com crosta de broa e courgete

Salmão é o nome vulgar de várias espécies de peixes da família Salmonidae, que também inclui as trutas, típicos das águas frias do norte da Eurásia e da América.
O salmão do Oceano Atlântico volta do mar à água doce para se reproduzir, quase sempre ao mesmo rio em que nasceu. À medida que se aproxima a época da procriação, a cabeça do macho muda de forma, alongando e curvando a mandíbula inferior em forma de gancho e a carne ganha uma coloração esbranquiçada. Enquanto o salmão do Oceano Pacífico morre após a reprodução, o do Atlântico reproduz-se mais de uma vez.
A cor vermelha do salmão é devido a um pigmento chamado astaxantina. O salmão é basicamente um peixe branco. O pigmento vermelho é feito através das algas e dos organismos unicelulares, que são ingeridos pelos camarões do mar; o pigmento é armazenado no músculo do camarão ou na casca. Quando os camarões são comidos pelo salmão, estes também acumulam o pigmento nos seus tecidos adiposos. Como a dieta do salmão é muito variada, o salmão natural toma uma enorme variedade de cores, desde branco a cor-de-rosa a vermelho vivo.
Permanece na água doce nos 2 ou 3 primeiros anos de vida, antes de ir para o mar. Suporta temperaturas baixas em água doce ou salgada. O salmão adulto é alimento de focas, ursos, lobos, tubarões, baleias e seres humanos.
O salmão é rico em Ómega 3 e Selénio.
(Fonte: Wikipédia)

Cestinhos de bacon

Quando vi esta receita, pensei : "Que bomba calórica!!!"
Mas para uma entrada ou para um jantar até que nem é muito calórica, pois o bacon não é frito e é acompanhado apenas por salada...
Pois, pois, o certo é que ficou cá o bichinho a morder e tive que experimentar.


Bruschetas de anchovas


Geralmente, à 6.ª feira, não gosto de fazer um jantar muito demorado e muito trabalhoso...
Aqui fica a minha sugestão bem rápida e saborosa para um petisco ou até para uma entrada, quem sabe...

Queques de mel

Passem-se dias, horas, meses, anos
Amadureçam as ilusões da vida
Prossiga ela sempre dividida
Entre compensações e desenganos.

Faça-se a carne mais envilecida
Diminuam os bens, cresçam os danos
Vença o ideal de andar caminhos planos
Melhor que levar tudo de vencida.

Queira-se antes ventura que aventura
À medida que a têmpora embranquece
E fica tenra a fibra que era dura.

E eu te direi: amiga minha, esquece...
Que grande é este amor meu de criatura
Que vê envelhecer e não envelhece.

(Vinicius de Moraes, Soneto de Aniversário)


Scones

Levanta a cortina dos teus olhos
Contempla a maravilha do amanhecer
A vida é uma criança,
esperta, bonita, inteligente
Passa correndo, é preciso ver
Acredita, enquanto há tempo:
não existe dor sem alento
nem tristeza tão longe da alegria
quando a luz de cada dia,
acende a vida,
iluminando o amanhecer
Não vacila, toma posse
da imensa alegria de viver.
(Ivone Boechat, Amanhecer)

Adaptado de

Ingredientes
500g de farinha
1 colher (chá) de sal Marnoto by Necton
1 colheres (sopa) de fermento em pó
5 colheres (sopa) de açúcar
40g de margarina
1 chávena de leite
1 ovo

Preparação
Ligue o forno e regule-o para os 200.ºC.
Numa tigela, misture a farinha com o sla, o fermento e o açúcar.
Derreta a margarina no microondas, ou sobre o lume, com o leite.
Abra uma cavidade no meio da farinha e deite aí a margarina derretida com o leite e o ovo. Mexa rapidamente com uma colher de pau, até os ingredientes estarem ligados.
Deite a massa em montinhos, com a ajuda de um colher, sobre um tabuleiro de forno, polvilhado com farinha e coza durante 10 a 15 minutos.


Tempo de preparação: 15 minutos
Grau de dificuldade: fácil (*)
Vegetariano: não
Para crianças: sim
Ingrediente principal: farinha
Quantidade: 30 unidades
Custo: económico

Bolo de crepes salgado

No passado dia 18 de janeiro fui ao Workshop Salgados - Entradas e Prato Principal do blog O Barriguinhas e aprendi a fazer este bolo de crepes salgado, que é uma espécie de lasanha mas muito mais soft.

Baseei-me na receita da Lúcia mas com algumas alterações minhas.
Espero que tenha surpreendido pela positiva :)


Bolo mágico de baunilha e limão

11.ª edição "A escolha do ingrediente"

Nesta edição o ingrediente escolhido é o limão e o blog anfitrião é Na cozinha da Sara.


Sopa de feijão-zarolho

Para a 9.ª edição do Dia Um... Na Cozinha!, a proposta assenta em Sopas de Legumes.
E a minha escolha recai numa das minhas sopas preferidas - a sopa de feijão-zarolho.
Feijão-zarolho ou feijão de descascar é o feijão que está completamente formado em vagem, mas que não está seco.
Eu adoro esta sopa, e como é apenas na altura de setembro/outubro que existe este feijão, ainda mais eu anseio por ela.
Estou sempre a perguntar à minha mãe quando é que faz sopa de feijão-zarolho e, assim que o feijão aparece à venda nos mercados, dito e feito!!!
No entanto, podemos sempre congelar e deliciar-mo-nos durante o ano. É um pouco trabalhosa mas, o resultado compensa e bem.
Neste dia, juntaram-se à mesa oito mulheres e existem mesmo pessoas que vêm a casa almoçar, só para se deliciarem com esta sopinha :)